terça-feira, 28 de julho de 2015

Oi, tudo bem?

Estranho, nem todos os dias estamos bem. Sempre pode acontecer algo e vem aquela tristeza, um desânimo e uma vontade de nada, isso é chato. Oi, tudo bem? As vezes temos com quem conversar, as vezes apenas queremos ficar calado e não falar com ninguém e as vezes sem a menos contar tem gente que sabe quando não estamos bem. Estranho aqueles que nem nota quando você está naqueles dias, ou fingem não notar pra não ter o trabalho de perguntar, não sei bem, cada um com seus motivos. Oi, tudo bem? Qual o problema dessas pessoas? Não ajudar, fingir? Não acho isso legal. Oi, tudo bem?
Não sei como o mundo me vê, mas eu me sinto como um garoto brincando na praia, contente em achar aqui e ali, uma pedra mais lisa ou uma concha mais bonita, mas tendo sempre diante de mim, ainda por descobrir, "O grande oceano de verdades" --Isaac Newton.

o viajado.

Eu, um eterno sonhador, vivo pensando nas coisas, um eterno viajado. Este viajado anda muito pensativo ultimamente, com as idéias tudo uma bagunça, podemos dizer que confuso, sim, muito confuso. Não só as idéias que estão uma bagunça, os sentimentos também. Tudo muito louco. Não sei bem o que falar dos sentimentos pois está uma mistura de felicidade, tristeza, paixão, loucura e outros que quando juntos não consigo definir. Poderia explicar o motivo de cada sentimento que venho sentido nesse momento, mas irei guardar só pra mim, é melhor assim.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...