sábado, 26 de janeiro de 2013

Uns crescem conosco, outros cortam as nossas asas. Uns abrem portas e janelas para irmos e voltarmos quando quisermos, outros nos trancam para não sairmos do lugar. Uns nos dão a mão quando o chão fica duro, outros buscam atalhos e nos esperam para quando o chão voltar a ser macio. Uns nos acompanham, outros nos abandonam. Uns nos ensinam e acrescentam, outros só querem aprender. Uns nos permitem ir adiante para sermos o que somos. Inevitavelmente, outros tentam moldar o que somos. Eu sempre gostei dos primeiros tipos.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...